1.png
  • Katarina Ferreira

TUDO SOBRE AS CASAS BARCO EM AMSTERDAM

Atualizado: Ago 30

Se tem uma característica de Amsterdam, além dos canais, que todo mundo sempre fala e pergunta são casas barco. Você sabia que existem, apenas em Amsterdam, mais de 2500 casas flutuantes? Eu sempre me pergunto se teria coragem de morar em uma dessas.



História das casas


A rede de canais no centro da cidade de Amsterdam também funciona como uma área residencial única. As coloridas casas flutuantes atracadas ao longo das margens dos canais por toda a cidade oferecem todo o conforto de uma casa típica e se tornaram uma espécie de ícone local. Hoje, as casas flutuantes também são uma opção atraente de acomodação para os visitantes da cidade que desejam experimentar a vida na água.


Essa forma de moradia surgiu depois da Segunda Guerra Mundial, devido à falta de casas para morar. E também o fato de que nesses anos a frota holandesa se modernizou e centenas de barcos cargueiros ficaram disponíveis para serem usados como residência, as casas barco originais eram nada mais nada menos que navios charmosamente restaurados e muitas delas tem mais de 100 anos. Em um primeiro momento, os moradores dessas casas improvisadas dos canais foram os hippies. 


As casas mais modernas



Lá pelas décadas de 60 e 70, casas flutuantes mais modernas apareceram como uma solução para o aumento da demanda por novas residências, com a população cada vez maior. Este tipo de casa-barco, conhecido como woonark (literalmente, uma casa arca), é construído sobre um pontão flutuante e normalmente não é motorizado. Fora isso ainda tem casas barcos (principalmente no Amstel) super luxuosas, às vezes construídas em vários andares e completas com terraços e jardins, tem umas que eu literalmente fico babando!


Quanto custa morar em uma casa barco? 


Aparentemente, os preços de casas barcos são um pouco mais baixos do que o de casas normais, porém você pode imaginar que os gastos de manutenção são mais altos. A cada três ou quatro anos, os proprietários devem levar o barco a um estaleiro para uma revisão completa, algo que costuma durar cerca de uma semana. (não tenho certeza o que eles fazem durante essa semana, se o proprietario pode morar na casa no estaleiro ou deve ficar fora nesse período).


Além de todos os gastos de manutenção, os habitantes dos barcos flutuantes devem pagar um aluguel pelo estacionamento do barco, isso pra qualquer barco inclusive, se você quiser ter um barco aqui tem que ter lugar pra estacionar, pra estacionar tem que se cadastrar e pagar cara. Para você ter ideia o mais barato custa €670 euros para um barquinho mini. Imagina de uma casa barco! Fora uns impostos especiais e um seguro também mais caro que o de uma casa normal.


Atualmente os canais de Amsterdam estão completamente saturados e mesmo que você quisesse comprar um barco e deixá-lo parado, não há espaço para instalá-los. A única opção é comprar um barco que já esteja lá mesmo.




Experiência de uma casa barco


Para sentir como é morar em uma casa barco, você pode ser hospedar em uma ou conhecer um museu super bacana chamado Houseboat Museum, ele custa € 4,50. Mas se você tiver o Amsterdam City Card é grátis a visita.


Você pode encontrar várias casas barcos para se hospedar, um dos mais seguros é diretamente com a Booking. Aqui nesse link você pode encontrar todas as opções de casas barcos disponíveis para aluguel de temporada ou hospedagem.


Aqui alguns exemplos de casas barcos que você pode se hospedar quando estiver Amsterdam:




Gosta desse tipo de conteúdo? Então compartilha com seus amigos e não esquece de nos seguir no instagram @vidalaranja







  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

2018 Vida Laranja. All rights reserved.© 2023 by Katarina.