1.png
  • Katarina Ferreira

O GUIA DA MACONHA EM AMSTERDAM

Você chegou nesse post, com certeza porque está curioso a respeito da erva famosa em Amsterdam né? Todo mundo pensa que aqui tudo é liberado, que é todo mundo super de boa com tudo. Mas, apesar do que você pode ter ouvido, as coisas nem sempre são o que parecem quando se trata de maconha em Amsterdam.



Por exemplo, você sabia que o cultivo de maconha é realmente ilegal? Então, de onde vem o que se vende nos coffee shops? Boa pergunta!

Eu não sou a pessoa mais especialista no assunto, mas nada que uma boa pesquisada na internet não pudesse ajudar para que eu pudesse escrever esse artigo pra vocês! Bora lá!

Fumar maconha em Amsterdam: a lei (atual, mas pode mudar em breve)

Bem, o que a lei realmente diz sobre fumar cannabis? A cannabis não é realmente legal na Holanda, algo que muitas pessoas fora da Holanda não sabem (e surpreendentemente eu encontrei alguns holandeses que não sabiam disso de alguma forma também). A Maconha é realmente descriminalizada ("política de tolerância") por aqui. Ou seja, é tolerado e a polícia faz vista grossa.

Não é realmente permitido, mas nada acontecerá com você se você decidir entrar em uma cafeteria e fumar e / ou levar um pouco para casa para seu próprio prazer (5g ou menos).



O cultivo é proibido. Sim, você pode se safar cultivando algumas plantas para seu uso pessoal, mas cultivar em grande escala, para vender ou mesmo distribuir nos Coffeeshops? Bem, isso é impossível. Isso é o que torna tudo completamente confuso, já que a maconha dos cafés tem que vir de algum lugar. Ou seja…

Posso fumar maconha legalmente em Amsterdam?

Teoricamente, não.

Mas, como eu disse antes, nada vai acontecer caso você esteja fumando um baseado (nas áreas onde não são realmente e explicitamente proibidas) e se não estiver causando uma perturbação pública, ou portando menos de 5g.

Coffeeshop VS Café

Entenda a diferença para não passar vergonha por aqui: Coffeeshop é o local onde você vai encontrar maconha, bolinho especial, pode fumar lá dentro e tudo mais. Cafés são as cafeterias tradicionais e a única onde que você vai conseguir lá será um belo cqppucino com bolo de chocolate (ou torta de maçã se quiser ser típico!).

Fumar maconha é coisa de turistas

Pois é, os habitantes locais não são consumidores fies dos coffeeshops, quase todas a clientela é de turista. Talvez seja porque essas pessoas estiveram por perto a vida toda ou porque a maioria dos coffeeshops estão localizados em armadilhas para turistas onde os locais nunca vão.


Regulamentação

Não há órgão regulador para verificar tensão, potência ou qualquer outra coisa.


Isso significa que, se você é um novato, ir for a um coffeeshop de má reputação pode significar que você pode obter maconha aleatória. Se você é um conhecedor e pode realmente dizer a diferença entre Indica, Sativa, AK-47 e Alice no País das Maravilhas, bom para você! Você pode reclamar com o coffeeshop quando eles tentarem vender algo que você não pediu.

Entenda o que você está comprando

No momento da compra, você será bombardeado com várias opções diferentes do que consumir e como consumir. As principais categorias - maconha (apenas as folhas), maconha com tabaco (se você for fumante), e haxixe (óleo geralmente misturado com tabaco em um baseado ou usado em um cachimbo). Você também será solicitado a decidir entre Indica ou Sativa (essa diferença eu vou ficar devendo pra vocês porque não achei nas pesquisas).

A dica que eu te dou é: Se você é novo nisso, meu conselho é pedir um pre-roll de sativa ou indica pura quando fumar maconha em Amsterdam pela primeira vez. E esteja ciente de que os bolinhos devem ser consumidos em pequenas quantidades (compartilhe com um amigo se for o caso) porque seus efeitos demoram um pouco para serem ativados e aparecerem sorrateiramente em você. Depois que você come, demora ainda uns 40 min no mínimo para sentir algo.

Entenda os seus limites e não exagere!

Esta é a parte onde eu o aviso que você deve ter cuidado ao consumir maconha, especialmente se estiver consumindo pela primeira vez. Como já mencionei, seja extremamente cuidadoso com os alimentos, pois eles podem parecer fracos até fazerem efeito, então não subestime o bolinho só porque demora.

Para não soar como sua mãe, mas mantenha-se hidratado, tome muito cuidado com as bicicletas ao andar pela cidade e nunca compre maconha em qualquer lugar que não seja um CoffeeShop! Se você não sabe como seu corpo (ou mente) vai reagir à maconha, fique em um lugar seguro até que o barato vá embora.

The Bulldog

Photo: dreamstime - Lornet


Você já deve ter ouvido falar nesse coffeeshop mais famoso de Amsterdam. O The Bulldog é uma instituição, então você deve ir lá pelo menos uma vez, embora seja uma espécie de armadilha para turistas em Amsterdam. Faz que nem eu fiz: entra, olha dentro, tira foto e vi embora :).

Nova lei, será?


Vale mencionar que os não residentes enfrentam o risco de serem banidos dos coffeeshops de Amsterdam como parte de planos abrangentes para desencorajar o crime organizado e reduzir o turismo de drogas.


Apoiado pela polícia e pelos promotores, o prefeito da cidade, Femke Halsema, apresentou propostas que permitem que apenas os residentes holandeses entrem em seus 166 cafés que vendem maconha, com a medida provavelmente entrando em vigor no próximo ano.


Pesquisa do governo mostrou que 58% dos turistas estrangeiros que visitam Amsterdã vêm principalmente para consumir a droga, enquanto outro estudo mostrou que a cidade sustentaria menos de 70 cafeterias se apenas os locais fossem servidos.


Não sabemos ainda se essa vai vai ser aprovada ou não, mas fique ciente que quando você vier visitar Amsterdam ela pode ser uma realidade.

1 comentário

Posts recentes

Ver tudo