1.png
  • Katarina Ferreira

DIFERENÇAS CULTURAIS HOLANDESAS


Uma das coisas que mais me perguntam no Instagram é sobre curiosidades e peculiaridades dos holandeses. O negócio é assim, a gente a vida toda se acostumou com uma cultura e aí se muda de país e “pááááá” tudo muda.

Então vou contar um pouquinho sobre isso nesse post.


Comida? Vem de pão






Basicamente o holandês come pão. Pão no café. Pão no almoço e se bobear pão na janta. Sério, pão é vida pra eles. Então isso quer dizer que todas as empresas que oferecem almoço na contratação estão dizendo nas entrelinhas que oferecem pão e coisinhas para por dentro. No almoço é sempre um pão com algo aleatório, que varia entre: homus, manteiga, queijo, presunto, salame, salada, ovo... o céu é o limite desde que seja com pão.

No café da manhã (no almoço também) existe uma “comida típica” que posso descrever como pão, manteiga e hagelslag (chocolate granulado) que é generosamente servido por cima da manteiga. Estranho né? Mas é bem gostoso mesmo.


Almoço de expatriado


Na Holanda é fácil encontrar feijão, farinha para farofa, e outras guloseimas típicas brasileiras. Confesso que na verdade, desde a mudança, deixei de comer com regularidade a maioria dessas coisas, mas o almoço aqui de casa nunca é pão. #graçasadeus

Ah! E o leite condensado para o nosso tão amado brigadeiro também vende nos mercados.


Não importa para onde você vai. Vá de bike






Mesmo que seu trabalho seja longe, não importa, aqui o negócio é ir de bike, pelo menos a maioria dos holandeses faz isso. Até eu já aderi essa cultura, e confesso que adoro, é minha dose de exercício do dia, vejo várias paisagens lindas e já chego no trabalho naquele pik. Aqui todas as famílias têm pelo menos 1 bicicleta para cada membro da família. Eu digo pelo menos, porque é muito comum ter bikes reservas, seja para prevenir um pneu furado ou até para emprestar para visitas.


Mas e se o trabalho for em outras cidade?


No caso do trampo ser muito longe, tem uma truque muito usado também:

Vai de bike até a estação de trem perto da sua casa > estaciona lá > pega o trem> pega sua bike "extra" na estação de trem do seu trabalho (Sim tem gente que tem uma bicicleta extra na estação mais próxima do trabalho para usar). Isso porque as bicicletas são permitidas nos trens e metrôs, porém além de ter que pagar pela “entrada” da bicicleta no horário do rush não pode. Vai entender...


Onde estacionar?


Basicamente todas as ruas têm suporte de estacionamento para e você certamente verá um mar de bikes perto das estações de trem e metro. É bom lembrar bem onde você estacionou a sua porque depois pra achar é uma missão árdua.



Clube do Bolinha






Achei muito curioso quando cheguei o fato de aqui os homens saem com homens e as mulheres saem no seu grupinho de mulheres. É muito comum ver esses grupinhos nos bares e restaurantes.

Não importa se você é casado, namora ou é solteiro. Sempre tem a saidinha de gêneros. Isso para mim é um pouco irritante, porque muitas vezes você quer levar seu companheiro junto, e “não pode”, ou você quer ir junto. Não é que não possa, mas eles têm esse costume.

Hoje em dia, eu paro para pensar é uma forma bem legal de cada ter seu espaço. Mas ainda assim, prefiro as saidinhas mistas. Nada de segregação né pessoal?


Liberais, mas machistas?


Já contestei essa história de saidinha, e perguntei para uma holandês porque não poderia ir junto assistir ao jogo no bar. A resposta foi bem babaca: “Claro que você pode ir, mas não será a mesma coisa para nós, já que com uma mulher no grupo não vamos poder ter o nosso papo de homem com putaria e piadas.”. Patético, e como eu não sou de aceitar esse tipo de coisa, sempre bato o pé e participo quando eu quero. Vale lembrar que talvez seja só esse moço o babaca universal, e não condiz com todos os holandeses, até porque os holandeses do meu trabalho são super liberais e de boa.



Dia de Faxina


Não importa se você é rico, pobre ou classe média. 90% de certeza que se você vier morar na Holanda vai fazer sua própria faxina. Aqui as famílias que cuidam de suas casas, roupas e afins. Acredito que por uma questão cultural e de qualidade de vida. Uma coisa que facilita a vida de todo mundo, é que na grande maioria das casas existe uma maquina de lavar louça – MELHOR COISA DO MUNDO EVER!!!


Pra que passar roupa?


A maioria da roupa dos holandeses não é passada, o pessoal lava, dobra e usa. É o velho “desamassa no corpo”. Facilita a vida!


O sol é um evento




Sim, por aqui um dia de sol e calor é coisa “rara”, então em dias de calor e sol, é muito comum ver pessoas de biquínis nos parques, calçadas, “lajes” e por aí vai. Muitos pedem folga nesses dias para aproveitar e tomar um belíssimo sol recheado de vitamina D (muito importante contra depressão que pode afetar países frios).


Nunca viram sol antes


No meu primeiro ano aqui, olhava esse povo atirado no sol, feito lagartixa, e sempre falava “nossa que bizarro, nunca vou fazer isso!”, corta para um ano depois, qualquer dia de sol para mim é um evento, aderi a cultura. Afinal, depois de um inverno rigoroso e que durou mais de 5 meses não tinha como não entender os holandeses.


Comer fora, só que a sua própria comida


Uma peculiaridade que não tinha aderido ainda, pois achava muito estranha, mas agora entendo o motivo, é: holandeses pegam suas mesas de casa e colocam no meio da rua em dias de sol para fazer suas refeições ou apenas apreciar o dia. Eu que antes batia no peito e dizia que era coisa de maluco, resolvi me juntar ao hospício. Mas agora tenho minha varandinha, vou decorar com mesa, cadeiras, plantas e esperar o verão chegar.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

2018 Vida Laranja. All rights reserved.© 2023 by Katarina.